30 janeiro 2011

Basilisk x Shinobi

"Para aquele que amo, prepare-se para morrer"....
OLOKO.. o que podemos esperar de um anime que já começa assim? rs.. a série "Basilisk - Kouga Ninpou Chou".. conta com 24 episódios, 25 minutos de duração cada, produzido em 2005 pelo salve salve estúdio Gonzo, com direção de Fumitomo Kizaki. Para aqueles que querem saber mais da série, no site Animehaus possui uma ótima resenha (Aqui). Sem dúvida é uma das melhores séries que eu ja vi, embora não seja o meu gênero predileto, a mistura de ação, drama, romance e porradaaaa aliado a excelente qualidade técnica e de traço dificilmente deixa de conquistar alguém. O desenvolvimento dos personagens é ótimo, e o desenrolar da história é feito de maneira bastante habilidosa, fazendo com que os 24 episódios passem rapidamente.
Já faz uns 2 ou 3 anos que assisti a essa série mas somente ha poucos dias vi "a versão filme", que se chama Shinobi. Fiquei bastante empolgada quando caiu em minhas mãos essa produção, porque Basilisk é realmente acima da média.. como os produtores conseguiriam realizar um filme de aprox. 2h com uma história que é muito bem usando aprox. 10h ? Realmente um desafio e tanto...
Infelizmente, por mais habilidoso que sejam os produtores, cabeças devem rolar em adaptações assim... e dito e feito.. cortaram metade dos personagens que aparece na versão anime... modificaram algumas motivações... modificaram o poder de Oboro (que na minha opinião foi a pior coisa..enfim) e mesmo assim, as 2h não deram conta de tanta história... no final, ficou parecendo um grande video-game, apresentando "luta pela luta"... o que não acontece na versão anime, onde apesar de haver MUITAS lutas, elas são muito bem contextualizadas.
Quem assistiu ao anime acho que dificilmente se contenta com o filme.. por outro lado, quem não tem paciência de assistir a uma série longa e optar por ver somente o filme, deve se contentar com bastante ação, boas representações, lindos cenários e bela trilha sonora.  No final das contas, depende do tipo de público... as duas produções tem seus méritos.

Trailer de Shinobi:



Nenhum comentário:

Postar um comentário