11 março 2011

"Eu sou rebelde, e você?"

"Eu? ... eu tenho mais o que fazer.........."
Francamente! Assistir a TV aberta está cada dia mais bizarro... A Record começou com essas chamadas para a nova imbecilidade do momento: rebeldes versão tupiniquim. O pessoal realmente é incapaz de copiar produções boas.... inventaram de realizar a versão brasileira dessa lástima... Será que só eu sinto "vergonha alheia" quando vejo essas coisas?
A juventude brasileira deveria se sentir ofendida por ser tratada como otária, por enfiarem goela abaixo uma novelinha com um modelo pré-fabricado de diversão, um bando de pessoas que se dizem "rebeldes" de... sejamos francos, nem eles sabem... talvez de um sistema supostamente opressor..? Se for isso, curiosamente essas mesmas pessoas se beneficiam desse mesmo sistema em sua "rebeldia"... Consideram "legal, ousado, divertido, diferente e radical" guiar suas ações em direção aonde o próprio umbigo aponta, mas se esquecem que esse tipo de comportamento só é tolerável em determinadas fases do desenvolvimento, aproximadamente até uns 3 anos de idade..
Ou seja... sabe o que esses rebeldes estão precisando? É de Supernanny! hahuahauhauahauhauahua Se comportam como pirralhos cheios de vontade, serão tratados como tal...
Um grande VIVAAA para as pessoas que não tem tempo, ânimo e nem SACO para apoiar, praticar ou achar divertido uma rebeldia fabricada centrada na própria bunda, um grande VIVAAA para aqueles que optam por fazer o melhor que podem em prol dos outros, para aqueles que estão realmente na contramão do mundo.

3 comentários:

  1. Rebelde é quem não gosta de rebelde!rs

    ResponderExcluir
  2. hahaha eu ia postar algo parecido com o que o Carlos disse, mas era algo no tom: e eu vou ser rebelde por não assistir rebeldes (big brother, novelas e todas as outras coisas do mesmo genero)!!! "rebelde" à ignorância brasileira, e a ser tratada como alguém feito em série affffffff

    ResponderExcluir