24 setembro 2011

Chi´s sweet home

Hoje terminei de assistir "Chi´s sweet home - Atarashii Ouchi", a segunda temporada de "Chí´s sweet home". Também assisti ao OVA. O que dizer? Aii!!! Essa gatinha é simplesmente maravilhosa! Série recomendadíssima! Muito fofa mesmo! Impossível não arrancar sorrisos, suspiros, risadas e até lágrimas, de tão gracioso que é.
Mas vamos lá! Originalmente o mangá foi escrito e criado por Konata Kanomi, no ano de 2004. A adaptação para anime veio em 2008 (a primeira temporada) e em 2009 (segunda temporada), contando com a direção de Mitsuyuki Masuhara, pelo estúdio Madhouse.
Cada uma das temporadas tem 104 episódios, com duração de aproximadamente 3 minutos cada. O OVA tem duração aproximada de 15 minutos e pelo que entendi, acontece cronologicamente após a segunda temporada (embora sua abertura seja igual a da primeira temporada).
A história é muito simples... mas frequentemente as coisas mais simples são as mais ricas e tocantes, não? Conhecemos ao longo dos episódios o dia a dia da gatinha chamada Chi, adotada pela família Yamada (composta por mamãe, papai e Youhei, um menininho muito gente boa).
Há grandes trunfos nessa série... a primeira, sem dúvida, é lidar com a simplicidade e ingenuidade de Chi, sem, com isso, apresentá-la de maneira boba ou irritante. Outro trunfo é retratar crianças (não só o Youhei, mas sua prima e vizinhos) bastante convincentes sem, novamente, apresentá-los de maneira boba ou irritante.. hehehe.. Hoje em dia as crianças (em produções de TV em geral) não lidam como crianças... são mais ou menos mini-adultos... ou excessivamente idiotas... e criança não é nada disso... criança é criança! e como é bom ver crianças sendo retratadas da maneira mais simples e gentil, como nesse anime. Realmente a infância é algo muito belo.. é uma pena que haja uma conspiração generalizada para acabar com essa fase da vida tão importante e marcante.
Outro grande trunfo é a forma como a família Yamada é retratada... Com tanta imoralidade e maldade sendo vinculada à "familia" hoje em dia, é, novamente, muito belo quando nos deparamos com uma família que funciona tão bem... cujos laços de amor e respeito são evidenciados pela forma como se tratam, de maneira afetuosa e paciente. As situações e interação entre o pai, a mãe e Youhei são bastante convincentes e bonitas.. e a forma como os problemas são encarados e solucionados é muito suave, quase sempre inclinada para o humor.. especialmente com os problemas que uma gatinha pode causar dentro de casa (hehehe)... a forma paciente como todos lidam com as situações é algo bastante admirável.
Especialmente na segunda temporada, onde a família se muda para um condomínio onde é aceito animais, Chi passa a interagir com seus amigos (vizinhos) e outros gatos que ela conhece em seus passeios na rua.
O anime todo é bastante rico... a família Yamada, seus vizinhos, a interação de Youhei com seus amigos, a amizade entre Youhei e Chi, além da amizade entre Chi e outros bichinhos é muito cativante. Os episódios curtos também favorece focar em situações que eventualmente passariam desapercebidos em episódios maiores.... De fato, em "Chi´s sweet home" os pequenos detalhes são  grandes acontecimentos e a simplicidade é a maior beleza da série.

Nenhum comentário:

Postar um comentário