20 setembro 2011

Himitsu no Hanazono (j-drama)


Hoje terminei de assistir ao j-drama chamado "Himitsu no Hanazono", uma série japonesa de 11 episódios exibida originalmente no ano de 2007 pela TV Fuji. Escrito por Nagata Yuko, produção de Yoshijo Hideki, Toda Koichi e Ito Tatsuya, direção de Nakanishi Kyo.
Poderia ser classificado como drama e comédia.. bons momentos dramáticos e ótimos momentos cômicos... eu particularmente adoro o senso de humor japonês, muito mais focado em situações simples e expressões. Me divirto muitíssimo.
A história é bem simples... a personagem principal Tsukiyama Kayo (interpretada por Shaku Yumiko) é uma editora que (contra a própria vontade) é transferida para a sessão de quadrinhos e passa a ser a responsável pela famosa autora de mangás "Yuriko Hanazono". Depois de muitas situações esquisitas e engraçadas, Tsukiyama descobre que a autora na verdade não é uma mulher, mas sim quatro homens (quatro irmãos) que, trabalhando juntos, usam o nome de "Yuriko Hanazono" para publicar seus trabalhos.
São eles:
- Kataoka Wataru (interpretado por Sakai Masato), é o mais velho dos irmãos. Sério, amigável e diplomático, é responsável por desenhar os cenários.
- Kataoka Osamu (interpretado por Ikeda Tetsuhiro) é excêntrico, otaku, maluco e dramático. Responsável pelo desenho principal dos personagens. 
- Kataoka Satoshi (interpretado por Kaname Jun) é popular com as mulheres e galanteador. Responsável por alguns cenários e pelas partes burocráticas do trabalho. Além de ser o "faz tudo" em casa, cozinhando, lavando, limpando, fazendo compras e coisas do gênero hehehe
- Kataoka Hinata (interpretado por Hongo Kanata), é o mais jovem dos irmãos. Sério e calado, é o responsável por escrever as histórias.
A diferença de personalidades e a interação dos irmãos com a editora basicamente é a parte cômica da série. Algumas situações familiares delicadas são a parte dramática.
No geral, tem um bom ritmo, com personagens agradáveis e boa interação. Os personagens coajuvantes não são tão coajuvantes assim, de maneira que todos contribuem bastante para a história, que é convincente e agradável. A atuação as vezes é um pouco caricaturada, mas faz parte da construção do personagem, e não é um defeito por si mesmo... a forma como os personagens se apresentam combina bastante com a atmosfera da história. Achei cada um bastante cativante.
O final também é bom.. mas talvez tenham exagerado um pouco no drama, fazendo-o desproporcional ao real problema... por outro lado, o que é inaceitável para um, pode não ser grande problema para outro, pensando assim, é até compreensível o sofrimento mental apresentado por Wataru... por outro lado (hahaha) chega a ser irritante a maneira como ele se martiriza pelo erro cometido por outra pessoa. Dá vontade de sacudí-lo pelos ombros e mandar ele seguir a vida, ao invés de ficar "chorando pelo leite derramado".
Fizeram a abertura bastante lúdica, de maneira que é impossível saber do que se trata a história tomando como base só a abertura:


Ponto positivo para a música com um ritmo bastante gostoso: "Baby, don´t cry", de Amuro Namie. Versão completa da música:


Interessados na letra original e tradução em português, tem AQUI.

Quem tiver oportunidade, assista Himitsu no hanazono. Não agradará somente fãs de quadrinhos, porque apesar da história envolver desenhistas e editores, o foco não é esse... Na minha opinião, o foco principal desse j-drama são "relacionamentos", seja ele amoroso, profissional, familiar, ou entre amigos (e, principalmente, a mistura de todos eles). Muito bom. Parabéns aos envolvidos nesse projeto.

PS:. Pergunta que não quer calar.... estava eu toda contente assistindo até que levei um susto.. no episódio 6 aparece uma bandeira do Brasil. Ok, ok... brasileiros quando estão no exterior adoram balançar uma bandeira brasileira.. especialmente quando estão sendo filmados em eventos.. ("pagar mico" no exterior é com a gente mesmo!!!! heheheehhe...) ... mas não foi esse o caso... a bandeira parecia ser de algum lugar.. estava em um mastro... do jeito que foi filmado, parecia que pertencia a tal construção que os personagens foram visitar (para uma sessão de autógrafos) ... não sei.. não entendi nada... enfim.. não deixa de ser interessante.. hehehehe

2 comentários:

  1. Eu queria assistir porque conheço alguns atores e o enredo parece legal, mas não achei um link para ver online e o que tem para baixar, é uns 600 mb por episódio... Pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vitória, tudo bem? Obrigada pelo comentário! Perdoe-me pela demora, somente hj que vi.. hehehe.. infelizmente eu não tenho um link para assistir online, na época eu salvei a série ... me manda um novo comentário com o seu email, dai eu respondo usando o meu email e vemos o que é viável fazer :) Abraços!

      Excluir