segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Como fazer textura em parede

Amados...
Há algum tempo atrás assisti duas aulas (em uma loja de construção) de como fazer textura em parede. A primeira foi em 2009 e a segunda no começo de 2011. Eu anotei bastante coisa nas ocasiões. Então, decidi compartilhar com vocês.. talvez seja de alguma ajuda para alguém que esteja querendo inventar moda em casa... hehehe
Espero que gostem, vou colocar aqui o que eu escrevi das duas aulas, pois se complementam. A primeira aula foi ministrada por um representante da Sherwin Williams (muito bom professor, por sinal), então todos os materiais citados, claro, são dessa marca. A segunda aula o professor era representante da Suvinil.

AULA DE 2009.

PREPARAÇÃO ANTES DE QUALQUER TINTURA OU TEXTURA

Antes da aplicação de qualquer tintura ou textura na parede, é necessário preparar a superfície:
- Em paredes rebocadas ou em concreto puro, aplicar “selador acrílico – complemento” Metalatex – Sherwin Williams.
- Em outras superfícies, aplicar “fundo preparador de parede”.
- Em azulejos, aplicar “Praimer aderente adere” ou pintar com tinta fosca. Depois, aplicar o “fundo preparador de parede”.

* Antes de aplicar a textura, proteger com fita crepe os cantos da parede. É necessário retirá-la logo após finalizar a textura (se esperar secar a massa da textura não será mais possível retirar a fita crepe).
* Tomar cuidado com a massa que pode espirrar no piso ou em outros lugares. Uma vez seca, é extremamente difícil retirar.
* Em algumas texturas, a superfície da parede original aparecerá. Se a intenção não é essa (a pessoa quer realizar um trabalho de somente uma cor), recomenda-se passar uma mão de tinta na parede da mesma cor da textura que será aplicada. Caso contrário, se a parede for de uma cor e a massa da textura outra, alguns partes da parede aparecerão dentre a textura, resultando em um efeito de duas cores.
* Texturas conseguem corrigir pequenas fissuras na parede, mas não se recomenda aplicar sobre rachaduras.

CONSIDERAÇÕES

- Todos os produtos utilizados foram da linha “Metalatex – Sherwin Williams”.
- O “Fundo preparador de parede” pode ser diluído em água. É necessário realizar teste na superfície a ser aplicada. Quanto mais diluído em água, mais a parede “puxará” o produto.
- Cada galão desses produtos tem rendimento de 30m2.
- Paredes que já possuem tinta à óleo em sua superfície, é necessário que haja remoção dessa tinta, seja com tinner, água raz e/ou lixa.

CLASSIFICAÇÃO DE TEXTURAS DE PAREDE

Existem 3 classificações de textura, são elas:
o Textura lisa
o Textura rústica (também chamado de grafiato)
o Textura relevo

TEXTURA LISA

- Próprio para qualquer parede interna.
- Rendimento: lata de 14 litros rende de 21 a 28m2.
- Produto utilizado: Metalatex Texturarte Sherwin Williams.
- Massa lisinha e homogênea. Não escorre.
- Procedimento de aplicação da massa na parede: colocar um pouco da massa na “desempenadeira sem dentes” e aplicar na parede de baixo para cima. Aplicar a massa em toda a superfície da parede deixando-a lisa e uniforme.
- A espessura da massa varia de acordo com o tipo de efeito de textura que se queira fazer. Algumas texturas requerem maior espessura de massa, outras não.
- Cobrindo a parede com a massa, escolha um dos intrumentos para realizar o efeito de textura na parede.
ALGUNS INSTRUMENTOS PARA REALIZAR OS EFEITOS DE TEXTURA:

- “Rolo Carimbo” ou “Rolo preparado para textura”.
- “Espátula dentada”.
- Rolinho com espuma (velho) com furinhos.
- Rolinho sem espuma (compra-se com espuma mas se tira).
- Espátula lisa.
- Rolinho cabelo de anjo.(Dá um efeito parecido com chapisco).
- Rolinho colméia ou chapisco.
- Escova decorativa.(Escova feita de borracha).
- “Efeito espatulado” é realizado com a espátula lisa ou dentada (pode-se aplicar gel ou não).

CONSIDERAÇÕES

- É possível sobrepor efeitos. Por exemplo: Sobre o efeito chapisco (feito com rolinho cabelo de anjo ou colméia), pode-se fazer com a espátula dentada movimentos de ondas, linhas retas, semi-círculos, xadrez. Sobre o mesmo efeito de chapisco, fazer com a espátula lisa detalhes semelhantes a leques.
- Durante a realização da tarefa, limpar o rolo somente com pano úmido. Nunca molhá-lo completamente. Mergulhá-lo na água somente para lavá-lo antes de guardar.
- Entre as tarefas de: colocar a fita crepe nas áreas a serem protegidas, passar a massa e passar o rolo realizando a textura, recomenda-se não ultrapassar 30 minutos para que a secagem do produto não prejudique a finalização do trabalho.
- Secagem básica: após 4 horas.
- Secagem completa: 15 dias.

TEXTURA RELEVO

- Próprio para parede interna e externa. (essa textura repele água por isso pode usar na área externa)
- Tudo o que se faz na textura lisa, se faz na textura relevo. A diferença da massa é que ela é arenosa, não tem a aparência e tato liso como a massa para textura lisa.
- Tempo de secagem: o mesmo da anterior.
- Modo de passar a massa na parede: o mesmo da anterior.
- Produto utilizado: “Textura acrílica novacor parede Sherwin Williams”.
- Rendimento: 9 a 15 m2.

TEXTURA RÚSTICA (também chamado de GRAFIATO)

- Próprio para parede interna e externa.
- Produto utilizado: “Massa rústica Metalatex Sherwin Williams”.
- A aplicação da massa rústica deve ser feita em parede bem lisinha.
- A massa possui areia e cristal de quartzo. Dependendo da marca, há pedrinhas maiores ou menores dentro da massa. A marca Suvinil possui pedrinhas maiores do que das outras marcas.
- Dependendo do tamanho da pedrinha, há necessidade de maior ou menor espessura de massa na parede. Quanto maior a pedrinha, maior a espessura aplicada de massa na parede, e por isso, menor o rendimento.
- Durante a aplicação da massa na parede (usando a desempenadeira) é mais fácil de cair. Importante aplicar a massa em toda a superfície da parede, sem deixar falhas.
- Após terminar de aplicar a massa na superfície da parede, com uma desempenadeira menor e úmida de água, passar de encontro a massa em movimentos uniformes: Sempre de cima para baixo OU direta para esquerda OU circular OU semi-circulos OU cima-para-baixo e ao lado direita-para-esquerda (e assim por diante).
- Assim, as pedrinhas que estavam na massa vão se deslocando e fazendo ranhuras, deixando uma aparência de riscado profundo na parede.
- Nessas ranhuras aparece a cor da parede original. Por isso a importância de previamente pintá-la com a mesma cor da massa, caso não se queira o efeito de duas cores diferentes.

CONSIDERAÇÕES

- Antes de abrir a lata com a “massa rústica”, deixá-la de ponta cabeça para uniformizar as pedrinhas dentro. Caso contrário, todas as pedrinhas ficarão no fundo da lata e durante a aplicação da massa na parede, não serão aplicadas as pedrinhas necessárias para que o efeito rústico aconteça.
- Recomenda-se aplicar esse tipo de textura de meio em meio metro.

APLICAÇÃO DE GEL SOBRE TODOS OS TIPOS DE TEXTURAS

- Recomenda-se aplicar o gel (qualquer cor) sobre texturas brancas (originalmente brancas ou pintadas com qualquer tinta branca).
- As texturas que receberão o gel podem ser lisas, em relevo ou rústicas.
- Rendimento: galão de massa de 14 litros (a lata é de 18 litros), é necessário um galãozinho de gel.
- Procedimento: pintar a textura branca com qualquer cor de gel. Com um pano molhado, tirar o excesso. Enxaguar o pano e retirar o excesso quantas vezes for necessário.
- Efeito: nas ranhuras da textura, a cor do gel impregna mais, ficando mais escura. Nas demais partes, efeito da cor do gel fica manchado / desbotado.

CONSIDERAÇÕES

- Gel não tem poder de cobertura, portanto a cor do gel tem que ser mais escura que a cor da superfície que a receberá.
- A secagem do gel é rápida (aprox. 15 min) por isso, a aplicação e retirada de excesso com pano úmido deve ser realizada preferencialmente por duas pessoas, agilizando o trabalho.
- Os instrumentos utilizados para fazer efeito nas texturas podem e devem ser utilizados para fazer efeito no gel.

APLICAÇÃO DE GEL SOBRE PAREDE LISA

- É necessário pintar a parede com tinta acetinada ou semi-brilho branca (a parede não pode puxar o gel, por isso, a tinta da parede não pode ser fosca).
- Procedimento: após secagem da tinta, passar gel com a cor desejada sobre a superfície da parede.
- Sugestão de efeito: Passar pincel seco sobre o gel, uniformemente, em linha reta, verticalmente. Deixar secar. Aplicar de novo outra mão de gel (como não tem poder de cobertura, fica aparecendo os riscos de baixo. Aplicar a escova ou pincel no sentido horizontal. Efeito: semelhante a tecido.
- Sugestão de efeito 2: Sobre a superfície lisa, passar o gel. Com pincel seco, fazer movimentos de cima pra baixo e direta pra esquerda, ao longo de uma linha imaginária. Efeito: semelhante a vários quadrados.
- Sugestão de efeito 3: Sobre a superfície lisa, passar o gel. Com rolinho, efeito semelhante a chapisco. Com espátula lisa (só a ponta), fazer movimentos para fazer flores.
- Sugestão de efeito 4: Sobre a superfície lisa, passar o gel. Com espátula dentada, fazer linhas horizontais e verticais. Efeito: semelhante a papel de parede.
- Aplicar verniz acrílico depois de secar. 
- Rendimento: um galãozinho de gel: 10m2.

Algumas figuras salvei na internet para ilustrar algumas texturas e instrumentos que fazem os efeitos:
 
Desempenadeira (pode ter uma parte lisa e outra dentada.. ou só lisa e só dentada)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Espátula dentada
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Efeito detalhado da espátula dentada
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Outro efeito usando a espátula dentada
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Espátula lisa
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Efeito deixado pela espátula lisa
 
 
 
 
 
 
 
Escova decorativa
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Rolo efeito trança
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Rolo carimbo e seu efeito
 
 
 
 
 
 
 
 
Efeito do rolo Colméia
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Textura rústica (grafiato)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Efeito chapisco (consegue-se passando um rolo sem a espuma)
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
AULA de 2011.
 
RECOMENDAÇÕES GERAIS
 
- Antes da aplicação de qualquer tinta ou textura, é necessário que retire todo tipo de infiltração / sujeita da superfície. Bolor deve ser retirado com solução de água sanitária e água (1 por 1).
- Antes de qualquer pintura ou textura, aplicar “Fundo preparador”, que serve para qualquer tipo de parede. Após aprox. 6h da aplicação do “Fundo preparador” é possível começar os trabalhos de textura.
- Não é recomendado aplicar a textura grafiato em madeira, por causa da possibilidade de dilação da mesma, estragando a textura.

TIPOS DE TEXTURA DA SUVINIL

1. Textura lisa interior / interior e exterior
2. Textura lisa clássica
3. Textura grafiato / rústico

- A textura lisa clássica e o grafiato são hidrorepelentes (repele a água)
- Rendimentos
* Utiliza-se de 2 a 3 kg de produto por metro quadrado (na textura lisa e clássica)
* Utiliza-se de 4 a 4 kg de produto por metro quadrado (no grafiato)

1. TEXTURA LISA

- Aplica-se a massa com um rolinho com espuma normal (sem efeito), finalizando a última passada com o rolinho de baixo para cima. *nota: o representante da Sherwin Willians aplicou a massa da textura lisa com a desempenadeira, deixando a parede lisa e só depois realizava os efeitos usando um rolinho de espuma normal. O representante da Suvinil aplicou a massa diretamente com um rolinho de espuma normal, já fazendo os efeitos*.
- Há grande variedade de “Rolos carimbo” disponíveis para compra, possibilitando diversos efeitos de textura.
- Para um efeito craquelado, utiliza-se após a aplicação da massa com o rolinho o “gel / acrílico metalizado”.
- É preferível que esse gel seja aplicado utilizando um rolo de lã, e não um rolo de espuma, para que a cobertura seja facilitada.

2. TEXTURA CLÁSSICA
- Aplicar a massa sobre a superfície utilizando um rolo comum de espuma e finalizar com uma espátula levemente (para “abaixar as pontinhas”).
- Pode colorir com “gel de efeito decorativo”. Depois da aplicação do gel, com um pano úmido tire o excesso. Efeito: os detalhes da textura ficam com uma cor mais escura. É possível também pintar a textura com qualquer tinta fosca.

3. GRAFIATO

- Materiais necessários: Desempenadeira de aço (para aplicar) e desempenadeira de plástico (para riscar).
- Aplicar a massa com a desempenadeira de baixo para cima.
- Após aplicação, tirar o excesso (com a mesma desempenadeira) colocando-a num ângulo de 45 graus da parede, de baixo para cima. Quando as pedrinhas começarem a riscar, está na hora de utilizar a outra desempenadeira (de plástico) e iniciar o efeito riscado.
- Com a desempenadeira de plástico, realizar movimentos de baixo para cima riscando a parede.
- Entre a aplicação da massa e começar a riscá-la recomenda-se que passe aprox. 6 minutos.
ÚLTIMAS CONSIDERAÇÕES

* O gel decorativo é diluído de 10 a 20% (quanto mais diluído, mais fácil a secagem).
*Se a intenção é deixar a parede e seus efeitos com a cor branca, recomenda-se que após as texturas, a parede seja pintada com tinta branca porque a massa da textura após seca, fica com um tom branco-amarelado.
* As pinturas sobre texturas devem ser feitas com tintas foscas, pois possibilita que a cor possa ser trocada no futuro. Tintas acetinadas ou brilhantes precisam ser lixadas, e esse procedimento não pode ser feito sobre texturas.

É isso, amados! Espero que tenham gostado de minhas anotações sobre as duas aulas. E agora, aos corajosos, mãos a obra!

10 comentários:

  1. amei as dicas o teu blog é maravilhoso... beijossss já esou te seguindo... e amei as dicas de pintura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa! Muitíssimo obrigada pelos elogios, que bom, fico muito feliz! Seja sempre muito bem vinda! :D

      Excluir
  2. Essas texturas podem ser aplicadas em paredes internas com problemas de umidade? Obrigada
    Aurenice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aurenice, tudo bem? Obrigada pelo comentário! :)
      Então, eu lembro que o professor mencionou que texturas podem cobrir pequenas rachaduras, mas não são indicadas para grandes rachaduras.
      Em relação a umidade, sinceramente eu não lembro se ele fez alguma colocação sobre o assunto.. mas creio que o ideal não é aplicar textura sobre problemas de umidade, pois este problema pode ter tantas origens que em alguns casos eu creio que pode até piorar a situação, comprometendo, por exemplo, a estrutura da parede... eu penso assim porque o instrutor comentou sobre a textura rústica, por exemplo, ele orientou que é extremamente difícil de remover esse material depois de seco.. o que me leva a pensar que, por um lado, não deixará que a umidade apareça, mas por outro lado, acumulará a umidade na estrutura da parede.. o que a longo prazo será um caos.
      Então eu acho que o mais seguro seria buscar auxílio de um técnico ou especialista para diagnosticar as causas e possíveis soluções para a umidade e só depois investir material e mão de obra em texturas :)
      Obrigada pela visita :D

      Excluir
  3. Obrigada, ajudou bastante.
    Aurenice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada ;) lamento não poder ajudar mais :D Abraços

      Excluir
  4. Ola,muito obrigada pelos esclarecimentos adorei! Agora, tenho paredes com a textura grafiato,uma foi pintada com gel e a outra com tinta acrilica,e gostaria de mudar de cor,posso passar direto com tinta fosca ou em gel ou teria que pintar em cor branca primeiro(poderia ser com a semi brilho) e logo aplicar a pintura? qual a indicada? muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! muito obrigada pelo comentário! Que bom que o post foi útil.
      Então.. eu não sou nenhuma especialista... vou responder com base na aula que eu tive.. então é possivel que tenha erros né.. rs....

      Recomenda-se que as paredes com texturas sejam pintadas sempre com tinta fosca, assim é possível trocar de cor no futuro.
      Se a sua parede com grafiato está pintada com tinta acrílica fosca, creio que poderá passar por cima qualquer outra tinta acrílica fosca. Se a cor antiga for mais escura, talvez precise pintar de branco e depois a cor que vc quer.
      Em relação a sua parede pintada com gel, creio que não tenha problema passar tinta acrílica em cima.
      O professor na época disse que se a parede estiver pintada de tinta brilhante ou acetinada, será preciso lixa-la.. e isso pode estragar a textura.
      Se esse for o caso da sua parede com tinta acrílica, eu não saberia exatamente qual é o procedimento certo para mudar a cor... recomendo que mande um email para o site da marca de tinta que vc está querendo comprar. Certamente lá existem consultores que poderão orientá-la. Ou até mesmo em grandes lojas de construção, existem representantes das marcas / tintas, e poderão orientar melhor.

      Em relação ao gel, é preciso que o gel novo que vc aplicará seja mais escuro que a cor da parede, pq o gel não tem poder de cobertura. Então a orientação geral é passar o gel (qualquer cor) sobre parede pintada de branco (no mínimo, acetinado). O ideal é que se use o gel em paredes com tinta semi brilhosa ou acetinado, pq as tintas foscas "chupam" o gel.

      Espero que eu tenha ajudado em algo ;) Abraços e volte sempre ;)

      Excluir
  5. Olá pessoal, tudo bem? Sou Químico Formulador e posso afirmar que podemos aplicar o Gel envelhecedor sobre superfícies foscas sim! por que não? Lembro que as texturas, onde os são aplicados, são totalmente foscas e extremamente absorventes. Portanto é possível sim aplicar Gel envelhecedor sobre paredes ou substratos foscos, como em tintas foscas. Lembramos que nesses casos, superfícies foscas, porosas, a sua secagem é bem mais rápida. Abraços!!!! meu e-mail é: lcberinguel@gmail,com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, muito obrigada pela contribuição, toda informação é muito bem vinda. Volte sempre, abraços :D

      Excluir