13 outubro 2011

Hakushaku to yousei

Ontem terminei de assistir ao "Hakushaku to Yousei" ... ou "O conde e a fada"...
Dificil comentar essa série..... eu, particularmente, achei a história meio truncada e confusa... com alguns impasses que são resolvidos negligentemente, parece que não tiveram muito cuidado com os detalhes... coisas bobas mesmo, mas que acabam minando a série, por exemplo: a menina estava toda nervosa em um impasse absurdo, tendo que negociar e fazer coisas contra a vontade para os "vilões", porque o seu pai estava nas mãos deles e poderia ser morto se a mocinha não cooperasse. Ok. Na mesma cena dá uma reviravolta absurda, tem uma chance dela sair correndo para outros lados mas ela fica indecisa por causa do pai e o que acontece? O pai aparece do nada dizendo "está tudo bem, filha, pode ir!" . Ora, onde estava esse idiota!?! escondido numa moita? porque não apareceu há 30 minutos atrás?! Eu pensei que aquele maldito estava numa masmorra ou coisa do gênero, do nada, aparece belo e formoso dizendo que está tudo bem só para poupar tempo.
Hakushaku to Yousei tem essas coisas. Soluções idiotas, dramas que surgem do nada, são resolvidos de maneira esquisita por meio de situações quase ou nada convincentes. Achei o conjunto da obra um pouco confuso com relação a história e, principalmente, a maneira como é apresentada. Falando nisso, cuidado! O episódio continua depois do tema de encerramento, inclusive a maioria das vezes contém informações vitais para entender (ou tentar entender) o episódio seguinte. Irritante isso. O encerramento nem é tão legal assim para ser assistido todo episódio.
Sinceramente, a minha impressão é que reuniram nos 12 episódios do anime várias passagens de uma história bem maior e mais elaborada. Eu não tive contato com o mangá... eu estou apostando que a história seja bem mais desenvolvida nele, ao contrário do que acontece no anime.
Por favor, não estou dizendo que a história seja dadaísta, que não dá para entender nada.....estou falando que os fatos poderiam ter sido melhor conduzidos, sem soluções bobas... gente que aparece do nada e salva a situação.. excesso de clichês.... etc...
Entretanto, há muitos pontos positivos no anime. Muitos. A começar pelo belíssimo traço e animação. Os cenários são muito bem trabalhados e ricos, os personagens são caprichados e há muita riqueza de detalhes. Também não há personagens ruins, todos são realmente muito bons e cativantes. A interação deles também é bastante adequada.... especialmente a interação entre Lydia e Edgar melhora consideravelmente na segunda metade do anime. Também a história se passa num cenário inglês no século XIX, e há paralelamente o "mundo da fadas".. Algumas fadas e duendes interagem com os personagens humanos (e a presença deles e essa interação é um grande ponto positivo... não ficou bobo ou massante, muito pelo contrário...) ....
Predominam a aventura e romance (um romance, alias, bastante interessante e fofo entre Lydia e Edgar), e os pouquíssimos momentos de humor, em sua maioria, são atribuídos aos comentários espirituosos de Raven, digamos, o capanga elegante de Edgar.
É isso, gente.. tudo conspira para que o anime seja muito fofo e divertido... mas pisam no tomate na hora de amarrar os acontecimentos e dar uma continuidade bacana no enredo... isso na minha opinião, claro. Ah! o final fica em aberto... dá a entender que existe uma segunda temporada.. ou, um mangá que proporcione melhor desenvolvimento da história.
Mas agora, o comentário final... o Edgar não é o irmão gêmeo de Usui, de Kaichou wa Maid-Sama!? Caramba, muito parecidos, inclusive na personalidade. Ai ai. Dois fofos, embora Edgar seja bastante teatral nos primeiros episódios... continuam sendo fofos. Lindos. Beijo nos dois, lindos!!! ... ahuahuahuaha.. chega.
Por fim, anime legalzinho mesmo.. talvez você não se importe com os pontos negativos que eu falei.. quem gosta de shoujo com aventura, é uma boa pedida. Quem gosta de histórias ambientadas no século XIX e histórias de fadas, ótima pedida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário