07 novembro 2011

Primeiras impressões: "Bokura ga ita" e "Hanasakeru Seishounen"

Amados! Não gosto de comentar séries que eu ainda não terminei de assistir, mas ando tão lerda que comentarei o que atualmente estou assistindo.. e aproveito para dividir as minhas inquietações a respeito desses dois títulos. Vamos lá!
Bokura ga ita: série com 26 episódios.. até ontem, tinha assistido até o episódio 6. Eu escolhi assistir esse anime porque li em algum lugar o comentário de uma moça que adorou essa série. Bem, posso dizer que até hoje eu não tinha tido contato com um shoujo tão, mas tão, mas tão... shoujo! caramba! O ritmo é super lento, a maioria do tempo são diálogos internos (no caso, monólogos hehe) da personagem principal, pensamentos a respeito de suas inquietações a respeito do menino que ela gosta. O restante do episódio são coisinhas do dia a dia. Até agora foi apresentado um drama mais ou menos convincente do rapaz, e já começaram a namorar. Tudo bem... se as coisas não fossem tão lerdas. Vou falar claro, está chato para caramba. Não "chato" no sentido de personagens ruins... mas a coisa está em um ritmo bastante monótono.... e pensar que são 26 episódios... será que o ritmo é todo assim?!?! OMG.......... a parte boa é que eu não desisto facilmente e pretendo terminar de assitir os 26 episódios antes de falar mal.. hihi... alias, se o final não for bonitinho prometo vir aqui descer o sarrafo nesse anime... (tudo indica que seja um drama mas eu ainda estou na fase de querer me enganar e esperar mais do que todas as evidências mostram.....) hahahahaha
Hanasakeru Seishounen: Diante da morosidade absurda de "Bokura ga ita" resolvi assistir concomitantemente, "Hanasakeru Seishounen". E parece que eu só escolhi séries longas dessa vez. Essa aí conta com 39 episódios, e eu escolhi porque achei o traço bastante bonito (embora eu não tenha achado na internet nenhuma resenha decente sobre a história...). Assisti ontem o primeiro episódio e me causou algumas impressões boas e outras medonhas. A boa é que, realmente, o visual é bastante marcante e bonito. As ruins, são: história... o pai da protagonista propõe (até agora, sem nenhum motivo aparente) um jogo: ela se encontrará com 3 homens pré-selecionados por ele (parece que o doente ficou analisando perfis psicológicos de alguns homens por anos a fio....). Se ela se apaixonar por algum deles e se casar, ele ganha o jogo. Se não, ela ganha. Na boa, que pai faz isso? Perturbado. Mas ela também não parece ser muito certa das ideias, já que aceitou de uma maneira super empolgada e ainda disse "Você sabe que eu não iria negar um desafio desses". Hã?!?! ...... HUAHAUHAUAHUAHU Vamos ver no que vai dar isso... Também espero que as insinuações lésbicas por parte daquela colega de classe não se confirmem no decorrer dos episódios... Esperar pra ver... novamente, deixarei para avacalhar ou elogiar o desenho só depois de terminar. Já houve casos que eu odiei o começo mas acabei gostando da série como um todo. Espero que esse seja o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário