23 março 2012

The Woman who still wants to marry (k-drama)

Ontem terminei de assistir ao k-drama "The Woman who still wants to marry" (Ajikdo Gyeolhonhago Shipeun Yeoja), que poderia ser traduzido como "A mulher que ainda espera casar".
Série sul coreana de 16 episódios (cada episódio tem duração aproximada de 1 hora), exibida originalmente pela MBC entre janeiro e março do ano de 2010.
Seu gênero passeia por drama, romance e comédia.. e o faz de maneira bastante habilidosa, devo dizer. Mas vamos a história! Vou colocar um link para o "DramaWiki" nos nomes dos atores... lá vocês acharão mais informações sobre cada ator, obras feitas, etc.
Vamos lá! Lee Shin Young (interpretada por Park Jin Hee), repórter (a do meio)
Jung Da Jung (interpretada por Uhm Ju Won), intérprete inglês-coreano (a da esquerda).
Kim Boo Ki (interpretada por Wang Bit Na), uma espécie de gerente refinada de restaurante (a da direita).
Essas três amigas estão com 34 anos e como elas ainda não se casaram, isso parece ser quase uma sentença de morte no país... são tratadas quase como múmias, passando por uma série de episódios constrangedores devido ao seu estado civil de solteiras.
A única que parece estar feliz com seu estado civil é Kim Boo Ki, com muitíssimo estilo, dirige o restaurante onde trabalha e parece ser um porto seguro quando as outras duas amigas estão no auge de suas crises.
A repórter Lee Shin Young não está tão desesperada assim para casar, o que realmente faz sua vida um imenso estresse é a série de problemas que enfrenta no trabalho, especialmente com colegas de trabalho trapaceiros. A situação complicada de sua vida amorosa é apenas "a cereja do bolo".
Já a intérprete Jung Da Jung está mesmo "matando cachorro a grito", submetendo-se as situações mais bizarras e humilhantes (e extremamente engraçadas) tudo para encontrar um marido. Depois de muitas trapalhadas consegue finalmente namorar e casar com o médico acupunturista Na Ban Suk (interpretado por Choi Chul Ho), mas mesmo depois de casada enfrenta centenas de situações surreais.
Ha Min Jae (interpretado por Kim Bum) acaba se tornando o improvável par romântico de Le Shin Young. Eu digo improvável porque o rapaz tem 24 anos, ou seja, 10 anos mais novo que a nossa protagonista, o que ocasionou estresse para todos, principalmente para a mãe do rapaz, Choi Sang Mi (interpretada por Park Ji Young). Essa mulher se estressou tanto, mas tanto, mas tanto, que o destino resolveu pregar uma peça e ela acaba se apaixonando por Yoon Sang Woo  (interpretado por Lee Pil Mo), piloto de aviões e ex namorado de Lee Shin Young... e como desgraça pouca é bobagem, ele tem 34 anos, ou seja, 10 anos a menos que Choi Sang Mi.
Eu realmente adorei essa série.. é uma produção que pode ser assistida sem constrangimentos para toda família, excetuando a única cena (nas mais de 16 horas de série) onde Choi Sang Mi e Yoon Sang Woo passam a noite juntos com o agravante dela nem estar divorciada ainda. Tirando essa cena, toda história é agradabilíssima e é gritante a diferença cultural em relação as demonstrações de carinho: na maioria das produções brasileiras sexo e sensualismo é a base da história.. é muito difícil um cristão conseguir assistir a maioria das produções brasileiras sem se deparar com coisas que firam a ética cristã...
Essa série, excetuando a cena que mencionei, é muito tranquila e leve de assistir.. é realmente uma diversão bastante saudável... Quando se vive em uma cultura onde sexo e traições são cultuados, é realmente belo assistir histórias onde as demonstrações de carinho são singelas,e quando um beijo realmente acontece é de fato um algo muitíssimo esperado e especial... hehehe
Além do tema bastante atual (mulheres nesta faixa etária que não são casadas) o que dá um brilho todo especial a série é o humor leve e convincente, além da atuação excelente de todos os atores.
Incrivelmente, não há um personagem que seja ruim, todos se completam de uma maneira muito interessante.
Claro, destacarei aqui as três atrizes principais... realmente um trio que deu certo.. Park Jin Hee é simplesmente sensacional! Responsável pela maioria de nossas risadas ao longo da história, consegue nos fazer sorrir em qualquer tipo de situação, seja alegre ou dramática. Wang Bit Na também deu a sua personagem força, delicadeza e bom senso, sempre mostrou uma presença marcante mas que combinava e completava perfeitamente as cenas. Uhm Ju Won conseguiu levar sua personagem aos momentos cômicos e tensos de maneira bastante hábil. A interação entre as três também é bastante convincente e dinâmica.
O bonito e romântico final também ganha mais pontos para mim, afinal acompanhar uma série por tantos capítulos para terminar com tragédia e choro, ninguém merece... (já passei da fase de assistir dramas inesgotávis e histórias com finais macabros....)
No final, fiquei com vontade de assistir uma continuação... e isso é sempre um bom sinal.
Mais uma obra sul coreana recomendadíssima, amei.

Abaixo... o trailer que eu achei no youtube.. rs

Nenhum comentário:

Postar um comentário