09 agosto 2012

Violoncelo, exames, olimpíadas e beat box! (hã?)

Olá amados!
Como tem passado? faz tempo que não venho aqui mas nunca me esqueço do blog e dos meus leitores ocasionais e fiéis (e principalmente os ocasionalmente fiéis hehe). A verdade é que a preguiça as vezes fala mais alto e deixo de fazer post. 
Esses dias também tem sido agitados. Como mencionei, Deus usou várias pessoas para me dar a oportunidade maravilhosa de estudar violoncelo.. então todos os dias tento honrar esse privilégio e estudar um pouco, embora eu esteja na fase de fortalecer a musculatura usada na prática do violoncelo.. para mim o que mais exige é a mão direita, que precisa ter uma posição punk para segurar de maneira correta o arco. Não que eu esteja fazendo levantamento de peso com os dedos e coisas bizarras... fortalecer ai, leia-se, muito alongamento e prática. Teoricamente também tenho lido muitas coisas, estou na fase de decorar as notas posicionadas na clave de fá... ou seja... tenho um longo caminho mas percebo que no aprendizado de um instrumento musical, se você não valorizar o processo, vai se frustrar rapidinho e abandonará. Então apesar de sons horríveis e milhares de erros de leitura de partitura, posso dizer que estou me divertindo muito.. e também é muito bom aprender a ter paciência consigo, também está sendo um aprendizado ótimo.
Esses dias também utilizei para ir ao médico e solicitar meus exames de sangue anuais.. ver como está colesterol, glicose, e essas coisas todas. Eu não tenho problema nenhum em tirar sangue, sou muitíssimo tranquila sobre isso. O que me deixou profundamente deprimida é ele entendeu que "exames de rotina" incluem "exame de fezes". Eu já fico depressiva em fazer xixi em um potinho para a "rotina de urina", eu gostaria de saber porquê ele lembrou de "rotina de fezes"... gente, fala sério... só de olhar o potinho destinado ao "material" eu fico depressiva. O pior são as instruções contidas no papel do laboratório "Coletar o material colocando dentro do frasco, uma porção do tamanho aproximado do caroço de uma azeitona média". 
Pausa que o golpe foi duro.
Eu odeio azeitona, portanto, não como, portanto, não sei o tamanho do caroço da maldita, quiçá o tamanho "médio". 
Eu não sei porquê eu invento essas coisas.. deveria ser como 90% da população que só procura fazer exame quando tá podre... eu tô me sentindo ótima e o que eu ganho com isso? Além de mexer na..... preciso fazer uma escultura "de tamanho médio".... Ai ai ai..................
Deixando a requisição médica de lado, o que me deixa um pouquinho chateada também é que essa semana termina as Olimpíadas. 
Eu amo olimpíadas. 
Amo especialmente as de inverno. =) O próximo será em Sochi, 2014, né? Rússia! ai ai... 
Eu gostaria de assistir ao vivo um abertura das olimpíadas de inverno... 
Quem sabe um dia acontece, né? ... de qualquer forma, até lá, assisto confortavelmente na TV da minha casa.. huhuhuhu (palavras que consolam) hahahahahah
Bom.. para finalizar o post repleto de assuntos diversos (em breve terão post com comentários de novas séries que estou assistindo, aguardem! hehe), há um canal no youtube bem interessante, com o título "meu instrumento" (Trama Radiola).. uma série de várias e várias, podemos dizer, mini reportagens de instrumentos musicais, sempre apresentado por um músico do determinado instrumento. Pois bem, eu gosto muito de conhecer coisas diferentes, e por esse canal já assisti muitos vídeos interessantes de instrumentos pouco conhecidos. 
Apesar de não simpatizar, decidi assistir o vídeo dedicado ao "Beat box" (tem vários instrumentos que eu não gosto mas assisto só para conhecer melhor). 
Beat box é uma técnica vocal que eu definitivamente não gosto mas não há como negar que o cidadão ae manda muito bem! Não é uma coisa que me agrada ficar ouvindo muito, mas como eu disse, mesmo não gostando, é preciso reconhecer a dificuldade de fazer isso bem feito. Também achei a forma como foi apresentado bastante simpática e honesta, então resolvi deixar o vídeo aqui.. para aqueles que não gostam (como eu, mas que tem que reconhecer a qualidade desse trabalho), para aqueles que gostam e para aqueles que não tem opinião formada.. hehehe


Nenhum comentário:

Postar um comentário