21 setembro 2012

As estrelas cantam #9 (mangá)

Desde o volume 5 comento aqui que "As estrelas cantam" (Hoshi wa utau) está, a cada número, me surpreendendo positivamente. Ahhnnn Natsuki Takaya... você é ótima!!!!! 
Em alguns momentos ainda me faz lembrar de Fruit Basket (já comentei, não que este seja ruim, mas no final exagerou no drama sem dar razão para isso). Entretanto, os momentos que me fazem lembrar de Fruit Basket não é o drama descabido, mas problemas menores como o traço (principalmente nos momentos de discussões onde Takaya-sensei insiste em não preencher os olhos.. talvez numa tentativa de mudar a expressão - o que realmente consegue... ficam parecendo zumbis...mas enfim).. e pela personagem chatinha Hijiri Honjo, uma releitura mal feita de Hanajima. 
De qualquer forma, o enredo de "As estrelas cantam" está cada dia melhor e o nono volume não decepcionou nem um pouco.. está valendo cada centavo. Foi realmente uma sorte eu não ter desistido de comprar. Apesar do começo lento, a obra cresceu e jogou minhas expectativas lá para cima. Evolução constante e consistente dos personagens e uma singularidade excepcional de Aoi Chihiro marcam o número 9 de "As estrelas cantam", além de anunciar a volta de um problema... Sakura se recupera e dá aquele telefonema aterrorizante. Momento crucial para a história: continua excelente ou pisa no tomate? E agora, Takaya-sensei? E AGORA?!?!?! Não me decepcione!!!!!!!!!!!! Que venha o #10 logooooo!!!!!!!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário