05 novembro 2012

Usagi Drop (anime)

Simplesmente adorável!!!!!!!!!!!! *_* Me desmancharei em  elogios a essa série, pois realmente não é todo dia que me deparo com um seriado tão encantador e tocante como esse. 
Também chamado de Bunny Drop, ou Usagi Doroppu, esse anime é uma adaptação do mangá josei de Yumi Unita. O mangá foi publicado entre 2005 e 2011. O anime foi transmitido entre julho e setembro de 2011. Há também um dorama feito em 2011, mas esse infelizmente ainda não consegui assistir.
O anime conta com 11 episódios e mais 4 episódios de bônus (vamos chamar assim).. que nada mais são que pequenos episódios entre o segundo e terceiro, terceiro e quarto, sexto e sétimo, oitavo e nono episódios. Então não estranhe quando você for baixar e se deparar com algo como "episódio 3.5", trata-se de um extra que acontece cronologicamente entre o episódio 3 e 4 (no caso).
Mas vamos lá! Usagi Drop trata sobre relacionamentos familiares, e tudo o que há de bom - e ruim - neles. hehehe. 
Logo no primeiro episódio é apresentado Daikichi Kawachi, um homem de 30 anos, solteiro, que mora sozinho, cuja vida é voltada para o trabalho. Recebe a notícia da morte do seu avô materno e assim, parte para a casa da família acompanhar o funeral e encontrar os parentes. 
Logo na chegada ele se encontra com uma menina de 6 anos. A princípio pensa que se trata da filha de sua prima, mas depois descobre que a menina na verdade é Rin, a filha ilegítima do falecido. 
Como ninguém sabia ou se sabia, sabia muito pouco de Rin, logo após o funeral a existência da menina torna-se um imenso desconforto para todos, cogitando até em entregá-la ao orfanato (uma vez que sua mãe desapareceu... especulava-se na ocasião que se trata de uma empregada que trabalhava na casa).
Mal estar generalizado entre os parentes, Daikichi se indigna com a situação e chama para si a responsabilidade, perguntando para, até então calada Rin, se ela aceitava morar com ele. Com uma resposta afirmativa dá-se o início ao trama propriamente dito: o dia a dia de Daikichi e Rin. 
Tiveram uma sensibilidade espetacular para descrever de forma tão simples e bonita grande parte das incertezas e desafios que os relacionamentos familiares impõem as pessoas (ou melhor, o que as próprias pessoas impõem.. hehe). 
O relacionamento entre Rin e Daikichi é tremendamente belo de se acompanhar. A maneira como a relação dos dois se fortalece e como Daikichi enfrenta as dificuldades (em todos os níveis) superando-as gradativamente, principalmente com a própria convivência com Rin e com outros personagens que vão aparecendo (outros pais), é algo muito, muito cativante e tocante.
Todos os personagens são excelentes... Rin até chega a ser um pouco idealizada demais.. que criança mais fofa, gente!!!! Quem que não se apaixona por um ser daqueles? ...e olha que eu não sou do tipo que fica babando em criança (muio pelo contrário), mas conseguiram dar um jeito e personalidade tão bacanas para essa menina que é impossível não querer abraçar e não largar mais.
Os aspectos técnicos da animação são excelentes.. animação bela explorando de uma forma muito bonita recursos diferentes.. percebe-se o cuidado do começo ao fim... desde a abertura estilosa até o encerramento, com cenas diferentes a cada episódio.. e com algumas cenas (depois dos créditos) que complementam o episódio que passou e dão introdução para o próximo. 
A trilha sonora também é muito gostosa. Acertaram direitinho em todos os aspectos. É tão bom assistir uma série tão caprichada assim...não só nos aspectos técnicos e artísticos, mas também no tema tão sensível, belo e humano. 
Usagi Drop apesar de não ser aquelas séries que te deixam muito alegre, eufórico, provocam risadas  e coisas do gênero, ela encanta, emociona e mesmo nos momentos que trata de dor, te toca de uma maneira ímpar, apostando na esperança e lança um olhar otimista e positivo em situações que sim, são difíceis de lidar e até entender, mas que podem ser superadas com um passo de cada vez. 
Tanto a abertura como o encerramento são excelentes, mas deixo aqui um videozinho do encerramento que eu acho especialmente bonito:


Tempo muitíssimo bem investido assistindo Usagi Drop. Recomendo ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário