12 janeiro 2013

Kawamo wo Suberu Kaze (Anime / especial)

Olá amados!
Mais um especial que não possui nem 30 minutos de duração...dessa vez, um josei de 2011, autoria de Yoshida Reiko, produzido pelo Studio The Answer.
O enredo é o seguinte: Após 5 anos morando no exterior, Noriko, de 33 anos, volta para visitar a família em sua cidade natal acompanhada de seu filho de 4 anos de idade. A medida que vai passando pelas diversas partes da cidade, e convivendo com os familiares, Noriko mergulha em lembranças, pensamentos e reflexões sobre sua vida: tudo o que ela almejava na juventude - estudo universitário, carreira, viagens, sair da cidadezinha, morar fora, casar-se - tudo concretizou-se e até para os familiares ela possui uma vida exemplar. Entretanto, nem os mais próximos sabem do ar melancólico e triste que envolve Noriko, pensando em divorciar-se e de certa forma lamentando por suas escolhas. 
Noriko é uma personagem bastante humana... pois é muito fácil constatar pessoas presas em situações como essa. Por um lado, reconhece que viveu a vida da maneira como sempre quis, mas também descobre-se triste e decepcionada pelo rumo que as coisas tomaram. 
A parte realmente triste é a maneira como ela apresenta-se vítima e presa a todas as circunstâncias, sem conseguir lidar com sentimentos de decepção e solidão, apoiando-se na figura do filho para continuar a caminhar. 
Ai ai.. que deprê.... história que relata as incertezas, inércia, lembranças e, porque não, arrependimentos humanos. Com um ar bastante melancólico, temática realista e humana, animação interessante (no início misturando cenas reais com animação), traços bonitos, desenvolvimento excelente, enredo interessante. 
A única coisa que eu não gostei é esse final... "ai ai", não do tipo "ai ai que fofo", mas um "ai ai o que será da minha vida....". 
Gente..............assim não dá.. não dá para ser adepto a musiquinha "deixa a vida me levar.. vida leva eu"... é.. vai deixando pra ver aonde tu vai parar, rapá.....

Eu sou adepta a postura da Edna Moda, de Os incríveis: Mas pra que tanto drama?!?!?!? Você não sabe o que fazer?!?!?! é isso?!?!?!? Vai lá, enfrenta, resgate, vença!!!!!!!!! E depois venha aqui tomar um chá comigo... huahauhauahuahuahahua
Eu acho muito importante chorar pelas decepções, sabe.. alivia a alma.... chega a ser um ponto de recomeço..... mas tem uma hora que chega né. Chega. Pára. Fez cagada? Arruma. Não dá para arrumar? Siga em frente! Levanta, mulher!!!!!!  Levanta a cabeça, vai, vai.... vaaaaai lutar pelo seu casamento, VAAAIIIII!!!!!!!!!!!!!! 

3 comentários:

  1. Interessante tanto o Anime quanto a resenha! E quanto a tomar um chá,não pode ser um café ou capuccino não?rsrsrs Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Ah,esse tema do Anime é hoje em dia mais que atual,pois a sociedade está baseada em valores materiais que mudam rápida e drasticamente e o ser humano facilmente se perde!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ronaldo, tudo bem? muito obrigada pelos comentários. Ahn, claro, chá, café, suco, água, aqui os gostos pessoais são respeitados.. rs
      Concordo, o tema dessa animação em especial é muito atual.. os conflitos acabam se instaurando pois as pessoas começam a perseguir coisas que, no momento, são considerados importantes, muitas vezes sem parar para pensar no que ela realmente acredita como importante. Depois de anos acaba percebendo que correu atrás do sonho de outras pessoas.
      Mas também há outro aspecto a ser considerado:
      A pessoa na nossa sociedade não é educada para enfrentar frustrações. Há a lenda que as pessoas sempre acertarão "de primeira", em tudo na vida.
      Até decisões tomadas diante de reflexões profundas, naquela fase da vida, mais tarde, podem perder a importância.
      Então, a personagem do Anime deveria pensar "ok, na época eu fiz escolhas erradas mas foram tomadas baseadas naquilo que eu sabia no momento"..
      É claro que com o tempo a maturidade vem e achamos idiotas muitas das escolhas do passado... as pessoas não são educadas a lidar com isso, e acabam caindo em depressões por não terem percebido coisas que, muitas vezes, só o tempo trás. O grande lance é pensar muito bem em cada escolha no dia de hoje. E no futuro, se mudar de ideia, SE PERDOAR, e seguir em frente.

      Mas é isso ae, muito obrigada pelos comentários e volte sempre. Servimos aqui também café. hahaha

      Excluir