22 fevereiro 2013

Basilisk Kouga Ninpouchou (anime)

Já faz alguns anos que assisti esse anime... mas hoje estava relembrando, especialmente porque fui procurar o clipe oficial da música que passa em Shibobi (que é a versão filme de Basilisk)... 
Mas vamos lá.
Basilisk é um anime de 24 episódios do estúdio Gonzo... foi lançado em 2005. O mangá foi lançado no Brasil inclusive... tem 5 volumes.. mas na época eu achei o traço feinho que nem comprei...
Ambientado em 1614, conta a briga entre os clãs ninjas: Iga x Kouga. Depois de alguns acontecimentos que não convém aqui explicar (porque existem sites muito mais aptos para oferecer sinopses decentes), os dois clãs (que estavam em relativa paz) se veem obrigados a lutar entre si, basicamente 10 ninjas de cada lado. Para a história não se resumir (somente) em sangue e tripas voando e mortes horríveis, colocaram alguns romances.. o principal é entre Gennosuke do clã Kouga.. e a Oboro do clã Iga. 
Dessa forma, Basilisk se caracteriza por ser um perfeito "Romeu e Julieta" nipônico, aliando de maneira estilosa romance proibido, pancadaria, mortes e "ninjas x-man" (visto que não basta ser ninja, precisa ter poderes mega ultra power plus turbo). 
Contando assim parece que eu estou avacalhando mas Basilisk é realmente muito bom... mas eu colocaria uma censura 18 anos nele. Tanto é que até ia colocar o primeiro episódio aqui, e revendo eu reconsiderei a ideia.. visto que é só porrada, sangue e morte. Se a pessoa estiver com estado de espírito para ver lutas e mortes a toda hora... e ainda fazer um esforço extra para desconsiderar as cenas medonhas... e tentar ignorar a Oboro chamando o Gennosuke a cada 3 segundos... Alias.. ela fala "Guenosque-saaamaaaaa".....  aii que nervo essa menina.... enfim... rs... e não adianta você torcer para alguém que mais cedo ou mais tarde ele vai morrer, ok? hahaha... Salvo tudo isso, é uma boa série.
Eu particularmente gosto mais do clã Iga, porque tem os ninjas mais legais, e é claro, o bonitinho do Yashamaru (nos dando o prazer de sua presença logo no primeiro episódio.. hihi). 
Mas voltando ao que interessa....
Basilisk tem a versão filme... (eu jurava que eu já tinha comentado isso no blog.. mas não achei nenhuma referencia aqui a respeito.. aff.. to ficando velha..)
A versão filme tem 100 minutos de duração e foi feito em 2006. 
Que eu posso dizer... é tentar colocar o conteúdo de uma piscina olímpica em uma garrafinha de 200 ml. Mas mesmo assim a tentativa foi válida... embora quem realmente se importa com a história precisa recorrer ao anime. O filme tornou-se só um aperitivo. 
O Yashamaru também aparece no filme.. mas ele é mais gracinha no anime. HAHAHAH...
Eu particularmente acho que o trailer ficou muito bom... aguça muito a curiosidade de quem já conhece o anime... e coloca nossas expectativas lá pra cima... só que ficamos um pouco decepcionados assistindo... passa tudo muito rápido, ideal mesmo seria um seriado.. dai sim, ficaria jóia.

trailer:


De qualquer forma, voltando a ideia inicial do post, só nesses dias que eu procurei ouvir a música completa do tema de Shinobi (que aparece no trailer também). 
A música tema chama-se Heaven, cantada por Ayumi Hamasaki. O clipe oficial é esse:



Eu achei o clipe meio esquisitinho, mas a música é muito bonita. 
Pois bem... Cada um tem seus valores e deve analisar se convém ou não assistir certas obras. Eu admito que hoje em dia eu não tenho muita vontade de rever Basilisk... é muita matança junta, sabe... Shinobi é o mesmo caso. Embora, reforço, não desmereço as obras... só acho que com o passar dos anos vamos perdendo gosto por determinados gêneros... eu estou mais na fase de procurar coisas bonitas e legais para assistir.. nada de matança, carnificina e assemelhados.. rs...

2 comentários:

  1. É um anime muito bom com ótima história, bastante ação e trilha sonora muito agradável. Tenho os mangás, que tem 5 volumes e a arte é muito bonita. Não sabia que tem uma versão em filme, vou procurar ver agora e espero que seja tão bom quanto o filme de Rurouni Kenshin.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Danilo ;)
      Eu não gostei muito da arte do mangá, mas gostei muito do traço do anime.. animação muito superior e com jogos de cenas excelentes. O filme é um pouco frustrante pois aparece metade dos personagens somente... mas foi uma escolha acertada, não adianta entupir de personagem se não terá tempo para desenvolve-los (como no anime - movie X, da CLAMP... o personagem só aparecia para morrer.. aff). Alias, mesmo com metade dos personagens originais, Shinobi ficou bastante corrido. Mas como eu citei em cima, é uma boa produção.

      Excluir