11 março 2013

Programas sobre antiguidades

Olá amados! tudo bem com vocês? Espero que sim =D
Boa notícia:  pela graça de Deus (hehe) esses últimos dias melhorei consideravelmente (não que esteja bom agora, estou falando comparando com a situação que estava) minha prática com o violoncelo. Persistência e fé em Deus que as coisas começam a caminhar, amados! =)

Estou meio preguiçosa para assistir os animes que salvei.... em compensação, essas últimas semanas estou assistindo muitos programas cuja temática é antiguidades... Particularmente eu gosto muito do canal History, e ele trás alguns programas como "Trato feito", "Caçadores de relíquias", dentre outros (inclusive em outros canais há programas semelhantes...)
Esses últimos dias assisti muitos capítulos de "Caos" no youtube, também transmitido originalmente pela History. Essa versão brasileira dessa temática "antiguidades" tem a abordagem um pouco diferente. 
"Caos" é um estabelecimento lá em São Paulo... meio bar.. meio antiquário.. compram e vendem peças antigas.. também alugam peças para, principalmente, pessoas que estão organizando teatro e precisam de figurino e peças de decoração mais específicas.  
Não que eu tenha achado ruim esse programa.... a abordagem é diferente, como eu já disse. Acontece que o que eu realmente gosto em programas como "Trato feito" e "Caçadores de relíquias" são as explicações. É legal quando as negociações são apenas uma parte do programa. Eu considero mais interessante mostrar além da negociação, também explicações, como da onde veio tal objeto, qual é a sua história, porquê é considerado valioso, enfim. 

Em Caos, apesar de possuir algumas explicações sobre as peças, isso é muito escasso. A maioria das vezes, o foco é a aparência e/ou a própria negociação. Muitas vezes a proprietária busca objetos para repor o estoque, escolhe vários e vários objetos de outras lojas e é mostrado a negociação. Não há explicação nenhuma do porquê ela escolher tal peça. É pela aparência? Por causa da marca? Da qualidade? Da procura? enfim... Em um episódio (agora não me recordo qual), ela compra uma determinada boneca para vender na loja... Como a boneca veio sem roupa, ela comenta que procuraria uma roupinha feita de crochet antiga, e se não achasse, compraria uma roupinha nova mesmo, "daria um banho de chá para parecer antiga" e tudo certo. Oi? ....Então o foco nessa peça é a aparência antiga, e não de fato, ser antiga? Porquê ela escolheu "aquela" boneca? Simplesmente porque é antiga, independente do fabricante, de quantas foram vendidas...?
Entendem... eu me senti um pouco perdida assistindo Caos. (alias, pelo próprio título talvez o foco não seja apresentar informações organizadas, né.... hehehe)

Caos, apesar de lidar também com antiguidades, não lida de uma forma que eu, particularmente, acho interessante. Eu gostaria que dessem mais informações sobre as peças, e não focassem necessariamente só em negociações. Muitas vezes parece que negociam determinada peça porque "acharam maneiro".. ou "lembra determinada época".. e assim vai.. Eu gosto bastante de aprender sobre essas coisas, acho que Caos poderia ser mais informativo do que é. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário