10 abril 2015

Sailor Moon Crystal (decepções...)

Acabo de assistir o episódio 19... que foi que rolou ali, alguém pode me explicar? A cada episódio, Sailor Moon torna-se mais bizarro. Invocação de espíritos, canalizações, sugestão de amor romântico entre um adulto e uma criança.. mas que patifaria é essa?! Sim, porque cogitar isso, até pela cabeça oca da Usagi ultrapassa qualquer limite do bom senso (ou falta dele). Está ficando um clima muito esquisito esse anime.. Pelo que eu lembro havia uma disputa entre Usagi e Chibi-usa pela atenção do Mamoru.. mas realmente haver um ciúme de cunho romântico? e falar claramente:
- " Você anda pensando tanto na Mini-Usa... a Mini-Usa é bonita? ... a Mini-Usa ama você, sabia?"
- "Do que você está falando, ela é só uma criança"
- "Idade não tem nada a ver com isso! Apesar do tamanho dela, ela ainda é uma garota, não é?"

WTF ?!?!?!?!?!?! Idade não tem nada a ver com isso? Idade não tem nada a ver com isso!?!?!??!!?!? Oh meu Deus!!!! Idade não tem nada a ver?!?!?!?!?!?!?!?!?!?

E não quero ouvir mimimi... não me venham "ela só estava demonstrando sua insegurança" e blablabla... ou "isso é só um desenho" ....
Minha gente.. Eu acho que ninguém aqui vive em uma ilha deserta e não sabe o que está rolando na sociedade atual. Ninguém é idiota de não perceber que vivemos tempos difíceis. De pouquinho em pouquinho vamos engolindo mosquitos e daqui a pouco estamos engolindo um camelo.
Vivemos tempos bem difíceis na verdade, onde há a banalização de absolutamente tudo, principalmente as pessoas, a integridade delas e tudo o que deveria ser preservado e protegido. Quando vemos pequenas bobagens e não observamos atentamente o que aquilo realmente significa, achando que "tudo bem", "não é nada", vamos nos acostumando com coisas que sim, são importantes. Coisas que não deveríamos "deixar para lá". Não dá para engolir qualquer coisa. Daqui a pouco estamos aplaudindo a canalhice, relativizando a integridade, culpando inocentes. Tudo o que deveria ser honrado e desfrutado na intimidade está sendo emporcalhado e tratado como se fosse nada.
Estamos vivemos tempos de erotização extrema da infância. Trazer traços de sexualidade e dinâmica romântica de adultos para o âmbito infantil é simplesmente perverso. É de extremo mau gosto sugerir esse tipo de coisa em um desenho, pelo menos não dessa forma banal.. como se fosse nada. Foi só mais um tema jogado no ar. O objetivo não foi lidar com o assunto com o cuidado que ele merece. Alias, como tudo em Sailor Moon Crystal, tudo é jogado e feito as pressas.
De repente a tradução não favoreceu, e causou esse clima esquisitíssimo... mas mesmo assim... completamente dispensável sequer pensar nesse tipo de assunto... até mesmo porque, tem tanto assunto em aberto no seriado que não estão explanando.. tanto personagem que só aparece para morrer.. é um amontoado de informação completamente irrelevante, cansativo e chato.

A Sailor Moon da minha infância já foi para as cucuias faz tempo. Continuo acompanhando a série com um misto de surpresa e estranhamento. E sim, cuidando para não engolir qualquer coisa. Ouçam o que estiverem escutando. Não deixem para lá... porque desligar o senso crítico quando supostamente estamos na frente de uma obra de entretenimento? por isso mesmo que deveríamos lidar com mais cuidado com aquilo que tem o objetivo de nos entreter. Entreter é para alimentar a alma. Não engulam comida estragada, achando que "não é nada". Uma hora a dor de barriga aparece.


Nenhum comentário:

Postar um comentário