06 outubro 2016

Chihayafuru - filme live action (Primeiro filme)

Essa semana finalmente assisti "Chihayafuru: Kami no Ku", o primeiro live action que estreou no Japão em março de 2016. Ainda não vi "Chihayafuru: Shimo no Ku", que foi lançado em abril de 2016. 
Com quase duas horas de duração, realmente foi uma ótima surpresa. Sou apaixonada pelo anime e gostei bastante das adaptações... esperar que fosse algo igual ao anime era completamente irreal, mas as adaptações feitas foram muito boas. Claro, prefiro a versão anime, mas nota 10 pelo filme.. 
Houve algumas simplificações de enredo... e algumas personalidades mudaram um pouco, a mais gritante foi o Yuusei Nishida... que no filme se mostra um extremo extrovertido falante e brincalhão... mas acho que isso era para balancear um pouco os personagens.. já que os demais já são, por natureza, mais sérios e centrados... (salvo Chihaya... hahahah) penso que para dar um pouco de dinamismo, faltava uma personalidade assim.. (embora eu goste do Nishida original... hehehe).
A atriz que interpreta Chihaya é Suzu Hirose... achei maravilhosa...  conseguiu fazer a Chihaya bem natural, sem cair naquele estilo caricato que normalmente vemos em live action.. e que a personalidade da Chihaya poderia facilmente atrair....

Shuuhei Nomura interpreta o Machima... também gostei bastante... Mackenyu interpreta Arata... também, muito consistente sua atuação... Yuuma Yamato interpreta Nishida... apesar de sair-se bem, não vou muito com a cara de personagens "extrovertidões" mas enfim... A atriz Mone Kamishiraishi dá vida a Oe... outra adaptação que brilhou, na minha opinião.. excelente... Yuuki Morinaga interpreta Komano... novamente, gostei muito da atuação dele, em especial, gostei da adaptação do filme sobre como Komano entrou no time.. suas frustrações em relação a dificuldade do jogo.. enfim... gostei bastante... 
Alias, o que eu mais gosto no anime são os personagens e o drama convincente de cada um... então os personagens que tem tudo para ser impopular, acabam sendo interessantes porque eles tem consistência.. e por mais que tenham características pouco populares, eles de alguma forma nos tocam e nos colocam mais próximo de características "pouco legais" que nós temos e negamos hehhe

Voltando aos atores... incrível!!!!!!!!!!! conseguiram um ator que é o clone do Hiro Kinashi... quem o interpreta é Ryotarou Sakaguchi.. ficou perfeito. kkkkkk
O filme termina quando o time da Chihaya enfrenta a equipe Hokuou (primeira vez)... Algumas coisas foram modificadas, claro.. a dinâmica do jogo tb.... aquela estratégia de dividir as cartas não existiu... e foi direto nesse jogo contra o Hokuou que a questão do Komano se sentir frustrado dentro da equipe é que foi resolvida.. ou seja... aglutinaram MUITAS situações... afinal, tudo tinha que caber em um filme né... Claro, se perde muita coisa... muita construção do personagem fica comprometido.. mas mesmo assim achei interessante o resultado final. 
O filme termina com a equipe indo para o torneio nacional.. e o Taichi falando com o Arata no telefone...Arata dizendo que não ia mais jogar karuta (sendo que passou o filme todo jogando).. parece que a situação com o avô dele acontece no final do filme.. ou seja.. mudaram a ordem das coisas... Alias, para isso eles omitiram essa questão de jogador estar na classe A.. B... C .... enfim... mudanças cronológicas de acontecimentos que não chegam a prejudicar a história... 
Ansiosa para ver o segundo filme....... acho que apesar das adaptações, os acontecimentos principais estão lá.. então tá valendo.. :)

Trailer do primeiro filme:


Nenhum comentário:

Postar um comentário